Alessandro, gerente de futebol do Corinthians, confirma saída no fim do ano

Texto: Jenyffer Previtalli | Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians

Publicados 10 meses atrás em 6 de outubro de 2023
Por: Jenyffer Previtalli

O Corinthians passará por grandes mudanças em 2024, não apenas em seu elenco profissional. Tanto dirigentes quanto funcionários deixarão o clube ao final desta temporada, incluindo o gerente de futebol Alessandro Nunes, que atua desde 2021. A saída do Corinthians é um desejo do próprio Alessandro e também dos candidatos à presidência do clube.

Sendo uma pessoa de confiança do presidente Duilio Monteiro Alves, que está concluindo seu mandato, Alessandro não é bem visto nem por André Negão, nem por Augusto Melo, que concorrerão nas eleições em 25 de novembro.

Alessandro (dir.) ao lado do presidente Duilio (esq.), em treinamento do Corinthians (Rafael Assuncao/Photo Premium/Gazeta Press)

André Negão, representante do grupo político atual, terá Andrés Sanchez liderando o departamento de futebol caso vença nas urnas. O ex-presidente corintiano teve desavenças com Alessandro no passado e não deseja tê-lo na diretoria. Já Augusto Melo, da oposição, promete uma “limpeza” em todos os cargos de confiança e planeja contar com o ex-jogador Chicão como gerente, caso vença a eleição.

Alessandro desejou sucesso ao próximo presidente do Corinthians e afirmou que, desde que assumiu a gerência de futebol em 2021, já havia decidido deixar o cargo ao final de 2023, junto com Duilio.

Como ídolo do Timão, o ex-lateral tem sido alvo de protestos desde o início do ano. Com a saída do então diretor de futebol Roberto de Andrade em março, Alessandro acumulou funções e dividiu com Duilio a responsabilidade de comandar o futebol profissional do Corinthians.

Após a eliminação na semifinal da Copa Sul-Americana para o Fortaleza na última terça-feira, Alessandro foi bastante cobrado por torcedores organizados que foram até o hotel da equipe. Alguns deles pediam que o gerente deixasse o cargo imediatamente. No entanto, o profissional pretende continuar até o final do Campeonato Brasileiro em dezembro.

A carreira de Alessandro como dirigente começou em 2014, após sua aposentadoria como jogador. Inicialmente, ele ocupou o cargo de coordenador de futebol, tendo o também ex-jogador Edu Gaspar como mentor. Depois, em 2016, foi promovido ao cargo de gerente, que ocupou até o final de 2018. Durante o período em que esteve afastado do Corinthians, ele se dedicou aos estudos e também passou mais tempo com a família.

Como jogador, Alessandro disputou 258 jogos e conquistou oito títulos pelo Corinthians: Série B (2008), Campeonato Paulista (2009 e 2013), Copa do Brasil (2009), Campeonato Brasileiro (2011), Libertadores (2012), Mundial (2012) e Recopa (2013). Já como dirigente, ele conquistou mais quatro taças: duas vezes o Campeonato Brasileiro (2015 e 2017) e duas vezes o Campeonato Paulista (2017 e 2018).

 

Fique por dentro das notícias do Timão! Siga nosso perfil no Instagram.

Fique por dentro das notícias! Siga nosso perfil no Instagram.

Receba notícias do TSP (Tudo Sobre Paulista) pelo WhatsApp.

Profetize os resultados do Corinthians2024!
Clique aqui, faça seu cadastro na Betnacional e use o código: TUDOSOBREPAULISTA.

P