António Oliveira lamenta derrota mas destaca evolução

Foto: Reprodução

Publicados 2 semanas atrás em 2 de junho de 2024
Por: Beatriz Quintino

O Corinthians sofreu mais uma derrota no Brasileirão ao ser superado pelo Botafogo, por 1 a 0, neste sábado. Com este resultado o Timão acumula acumula uma vitória, dois empates e quatro derrotas, em sete rodadas disputadas.

Além disso, a partida marcou mais um jogo sem a equipe marcar um gol. Até aqui, os únicos três gols marcados na competição foram contra o Fluminense. O time comandado por António Oliveira chegou a criar algumas oportunidades, mas como apontado pelo técnico, faltou efetividade na finalização.

 

“Pecamos em não terminar nossas jogadas. O adversário entrava em transição. No segundo era para sermos mais agudos em direção ao gol, não fomos, entramos menos agressivos nos primeiros 15 minutos, saiu o gol aos 14, e depois só houve uma equipe dentro do jogo, fomos à procura do gol, tivemos nossas oportunidades, não concretizamos. O Botafogo hoje marcou mais gols que nós”, analisou António em coletiva pós-jogo.

 

” Hoje faltou o gol. Temos de ser mais assertivos nos últimos 30 metros. Acho que é uma equipe cada vez que sofre menos com o adversário. A equipe tem de ser mais assertiva em finalização para não dar a transição ao adversário. Temos que ter essa honestidade. Fizemos coisas muito boas dentro desta reestruturação que o clube passa, mas muitas coisas positivas, é uma equipe em crescimento”, completou.

 

O técnico também lamentou a ausência de Fagner na partida. O lateral teve uma lesão na parte posterior da coxa direita constatada após a partida contra o Racing-URU, pela Copa Sul-Americana. Neste sábado, coube a Matheuzinho substitui-lo dentro de campo.

 

“Temos que viver com a ausência do Fagner. Ele estará conosco no dia a dia, é alguém que depois de perder Cássio e Paulinho, dos sobreviventes como podemos chamar, eu tenho gosto que ele continue no futuro, mas agora vamos viver sem ele. Não vale a pena chorar, é viver o que temos. Me pagam para arranjar soluções. É isso que busco”, comentou.

 

Por mais que tenha conquistado bons resultados na Sul-Americana e na Copa do Brasil, o Timão não engrenou no Brasileirão. Para o técnico, há uma diferença na qualidade dos adversários enfrentados, mas que o time vem aprendendo com os resultados.

 

“É só olhar a qualidade dos adversários que temos enfrentado. Não justifica os cinco pontos que temos de 21 possíveis, sou honesto, procuro resultados, não procuro desculpas. Não venho culpar elenco. É minha tarefa enquanto treinador, com os recursos que temos, fazer o melhor possível. É preciso percebermos o contexto de cada competição e os adversários que vamos pegar no caminho. Se formos intelectualmente honestos, mesmo tendo esses seis insucessos, quatro derrotas e dois empates, eu tiro muita coisa positiva”, disse.

 

A derrota contra o Botafogo faz o Corinthians encerrar a rodada na zona do rebaixamento, com cinco pontos conquistados. Quando perguntado sobre a situação na tabela, António Oliveira disse que ainda não é momento para pensar nisso.

 

“Já falei que as contas se fazem no fim, são 38 jogos e estamos com sete, no final vamos atingir nossos objetivos, e nas Copas vamos seguir passando de fase, temos ambições. Falta muito campeonato, é uma maratona, as contas fazemos no fim.”

Confira a coletiva completa:

 

 

 

Fique por dentro das notícias! Siga nosso perfil no Instagram.

Receba notícias do TSP (Tudo Sobre Paulista) pelo WhatsApp.

Profetize os resultados do Corinthians no Brasileiro Série A Série A 2024!
Clique aqui, faça seu cadastro na Betnacional e use o código: TUDOSOBREPAULISTA.

P