Bragantino empata com Coquimbo no apagar das luzes

Publicados 3 semanas atrás em 29 de maio de 2024
Por: Alan Favaron

Em um confronto válido pela sexta rodada da Copa Sul-Americana, o Red Bull Bragantino foi até o Chile encarar o Coquimbo Unido. Em uma partida onde o Massa Bruta cometeu muitos erros, o empate prevaleceu no placar.

Primeiro tempo:

O Bragantino entrou mal no jogo e errou praticamente tudo na primeira etapa. Aos 4 minutos, uma chance mostrou como seria a dinâmica do primeiro tempo. Matheus Fernandes errou um passe no meio-campo. A bola caiu nos pés de Chávez, que dali mesmo chutou e obrigou Cleiton a espalmar para escanteio.

O Braga errou muitos passes e não conseguiu se impor. A equipe sofreu bastante e, com erros consecutivos, dava espaço para o adversário. 

Aos 8 minutos, mais uma chance dos chilenos: Guilherme perdeu a bola, o Coquimbo chegou com um bom cruzamento e Cleiton fez uma bela defesa para salvar o time.

O Massa Bruta não conseguia entrar no jogo e errava muito. Até que, aos 41 minutos, Chávez acertou um belo chute na entrada da área e abriu o placar, decretando o resultado da primeira etapa em 1 a 0.

Segundo tempo:

A segunda etapa começou com Pedro Caixinha mexendo na equipe em busca de se recuperar na partida. O treinador português colocou Lucas Cunha, Eric Ramires e Lincoln nos lugares de Guilherme Lopes, Matheus Fernandes e Vitinho, respectivamente.

O time de Bragança Paulista conseguiu equilibrar o jogo, porém, ainda mostrava ineficácia no setor ofensivo. 

Mas, aos 11 minutos, novamente a equipe errou. A defesa do Braga vacilou, ficou no deixa que eu deixo, e o atacante do Coquimbo ficou cara a cara com Cleiton, mas isolou, perdendo uma boa oportunidade.

O jogo se desenrolou sem grandes chances no segundo tempo. No final da partida, o Braga assustou com dois chutes de fora da área. 

Até que, aos 48 minutos, em um bate-rebate na área, a bola tocou na mão do defensor do Coquimbo. Em um primeiro momento, o juiz mandou o jogo seguir, mas o VAR revisou e indicou a penalidade máxima para o time brasileiro.

Helinho foi o encarregado da cobrança e não desperdiçou, batendo firme no canto esquerdo e deslocando o goleiro.

Com o empate, o Bragantino se mantém em segundo lugar e vai disputar um playoff contra um time da Libertadores para decidir quem avança à próxima fase.

ESCALAÇÕES

Coquimbo Unido: Sanchez; Escobar, Salinas (Barrera, 22’ 2°t), Cabrera, Hernández, Cornejo, Galani (Camargo, 24’ 2°t), Glaby, Henríquez (Cabral, 32’ 2°t), Azócar (Chandía, 22’ 2°t) e Chávez (Johansen, 32’ 2°t).

Red Bull Bragantino: Cleiton; Nathan Mendes (Vinícius, 30’ 2°t), Eduardo Santos, Luan Cândido, Guilherme Lopes (Lucas Cunha, int), Jadsom (Helinho, 22’ 2°t), Lucas Evangelista, Matheus Fernandes (Eric Ramires, int), Mosquera, Vitinho (Lincoln, int) e Thiago Borbas.

 

Fique por dentro das notícias! Siga nosso perfil no Instagram.

Receba notícias do TSP (Tudo Sobre Paulista) pelo WhatsApp.

Profetize os resultados do Red Bull Bragantino no Copa Sul-Americana 2024!
Clique aqui, faça seu cadastro na Betnacional e use o código: TUDOSOBREPAULISTA.

P