Carpini explica o motivo do gesto para a arquibancada

Foto: Divulgação/São Paulo FC

Publicados 2 meses atrás em 11 de março de 2024
Por: Bruno Giusti

No domingo, o São Paulo conquistou uma classificação sofrida. Os torcedores resolveram colocar a culpa em Thiago Carpini, que resolveu adotar uma postura defensiva, ao invés de matar o jogo. Ele explicou a razão de ter escolhido jogar desta maneira.

“Optei por fortalecer o sistema defensivo e fazer um jogo seguro, o que encaminharia um final mais tranquilo, que era como se apresentava a partida no segundo tempo. A ideia era proteger a nossa entrada de área. Há controvérsias, porque vão associar os três zagueiros ao gol, mas penso e vejo de maneira diferente. Foram mais falhas de tomadas de decisão na sequência desse lance, mas são situações que podem ser melhoradas sempre”, comentou o treinador do São Paulo.

Thiago quis se justificar, porém reconheceu as críticas e afirmou aprender com os erros. Carpini sugeriu implicitamente que os prejuízos decorrentes da arbitragem, especialmente na partida contra o Palmeiras, foram os responsáveis por uma possível eliminação do Tricolor.

“Em um panorama de reinvenção individual e coletiva, o sufoco se deu por estarmos em uma chave complicada, com duas outras grandes equipes. São as circunstâncias que nos levaram a essa situação. Poderíamos estar já classificados hoje, vocês sabem do que estou falando. Vejo um saldo muito positivo”, comentou Thiago.

Para finalizar, Carpini esclareceu os gestos feitos em direção à torcida após o gol que garantiu a vitória do Tricolor contra o Ituano. O técnico estendeu as mãos até as orelhas, parecendo provocar o torcedor. No entanto, ele explicou que pessoas conhecidas, com as quais mantém desavenças, estavam o irritando durante toda a partida.

“Respeito muito o Ituano, conheço e respeito quem trabalha aqui. De maneira nenhuma quis desrespeitar o clube e os profissionais. Não vou entrar no mérito da questão, mas havia três ou quatro pessoas no alambrado que eu conheço e são desafetos que a vida nos dá. Quando você está em um estádio pequeno e desde o começo ouvi ofensas de cunho pessoal com o nome dos meus filhos e mulher. Essas pessoas sabem quem são. Foi uma resposta de 90 minutos de coisas muito pessoais e pesadas. O erro foi ter me desequilibrado e ter respondido, mas a gente tem limite e não arrependo”, finalizou Thiago.

Você também pode assistir a coletiva completa de Thiago Carpini:

Fique por dentro das notícias! Siga nosso perfil no Instagram.

Receba notícias do TSP (Tudo Sobre Paulista) pelo WhatsApp.

Profetize os resultados do São Paulo no Paulistão A1 Série A1 2024!
Clique aqui, faça seu cadastro na Betnacional e use o código: TUDOSOBREPAULISTA.

P