Corinthians faz balanço da Neo Química Arena em 2023

Foto: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians

Publicados 4 semanas atrás em 1 de maio de 2024
Por: Miguel Mendes

O balanço financeiro do Corinthians em 2023 continua sendo pauta no dia do clube clube, com alguns pontos em discussão. Entre eles, destaca-se a relação entre a Neo Química Arena e a dívida total da equipe.

Impactos

  • Receitas: O estádio gerou o valor de R$ 46 milhões para o Corinthians na temporada passada, mas R$ 20 milhões são retirados por conta de despesas operacionais
  • Dívida: A Neo Química Arena é responsável por R$ 703,1 milhões dos R$ 1,968,8 bilhão que o clube deve, segundo o balanço aprovado no Parque São Jorge.
  • Busca por Acordo: Em busca de um futuro mais equilibrado, o Corinthians negocia com a Caixa Econômica Federal para renegociar a dívida e aliviar o impacto da Arena nas finanças.

Foto: Bruno Teixeira

Situação Atual e Desafios

  • Cenário Preocupante: O alto valor da dívida, especialmente com a Neo Química Arena, configura um desafio significativo para a gestão do clube.
  • Negociações em Curso: As negociações com a Caixa são cruciais para encontrar uma solução viável e garantir a sustentabilidade financeira do Corinthians a longo prazo.

Foto: Danilo Fernandes / Meu Timão

O Timão visa encontrar soluções sustentáveis para lidar com a dívida, especialmente a parcela relacionada à Neo Química Arena. A busca por acordos, como o primeiro jogo da NFL no Brasil, são alguns dos caminhos que podem levar o clube a uma resolução.

Fique por dentro das notícias! Siga nosso perfil no Instagram.

Receba notícias do TSP (Tudo Sobre Paulista) pelo WhatsApp.

Profetize os resultados do Corinthians2024!
Clique aqui, faça seu cadastro na Betnacional e use o código: TUDOSOBREPAULISTA.

P