Gols aéreos e jogadas ensaiadas: Como as bolas paradas foram cruciais na recuperação do Santos?

Texto: Tiago Assis (Foto: Twitter/Santos FC)

Publicados 9 meses atrás em 12 de outubro de 2023
Por: Tiago Assis

O Santos recorreu a um recurso crucial para conquistar três vitórias consecutivas e se distanciar da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro: as jogadas de bola parada. Uma antiga fragilidade da equipe, as bolas paradas tornaram-se um trunfo nas últimas partidas.

O primeiro indício desse progresso ocorreu no confronto com o Bahia, em Salvador, quando o time estava em desvantagem de 1 a 0. Nesse momento, Soteldo executou um lançamento para Joaquim, que desviou de cabeça, possibilitando a finalização de Marcos Leonardo, resultando em um gol que teve origem em uma jogada ensaiada a partir de uma cobrança de falta.

Logo em seguida, Jean Lucas cobrou um escanteio que João Basso cabeceou, permitindo a virada para o Santos, inclusive durante os minutos de acréscimo.

O uso eficaz das bolas paradas também se fez presente na goleada contra o Vasco, com um placar de 4 a 1. Durante um momento em que a partida estava empatada, Soteldo realizou um cruzamento perfeito a partir de um escanteio, que Dodô desviou de cabeça, possibilitando a finalização de Tomás Rincón na segunda trave.

E a história não termina aí, pois, no último domingo, durante a derrota para o Palmeiras, Rincón novamente foi protagonista de um gol originado de uma jogada de bola parada.

Durante uma entrevista coletiva, o treinador Marcelo Fernandes abordou o tema e ressaltou que deu continuidade a um trabalho que já havia sido implementado pelo antecessor, o uruguaio Diego Aguirre.

“Retornei ao Santos com o professor Diego Aguirre e ele enfatizava muito a importância das bolas paradas. Estamos apenas seguindo nessa mesma direção. Nosso treinamento é sempre focado na análise do adversário, e temos utilizado com eficácia a jogada com Dodô no primeiro poste. Sabemos que os desvios dele têm sido bastante produtivos e isso tem sido vantajoso para nós. Precisamos continuar trabalhando nesse aspecto, visto que conseguimos vencer o jogo contra o Bahia através das jogadas de bola parada”, analisou.

Marcelo Fernandes retornou ao Santos como treinador interino, mas conseguiu transformar o desempenho da equipe após a demissão de Aguirre. Ele conquistou três vitórias consecutivas e, como resultado, foi efetivado no cargo até o final do ano. Durante esse período, a equipe saiu da zona de rebaixamento e ascendeu para a 14ª posição na tabela, com 30 pontos, desfrutando de uma vantagem de três pontos sobre a zona de rebaixamento.

O próximo compromisso do Santos será apenas após uma pausa para a Data FIFA, quando a equipe enfrentará o Red Bull Bragantino na Vila Belmiro, na próxima quinta-feira, às 20h (horário de Brasília), em um confronto válido pela 27ª rodada do Brasileirão.

Fique por dentro das notícias! Siga nosso perfil no Instagram.

Receba notícias do TSP (Tudo Sobre Paulista) pelo WhatsApp.

Profetize os resultados do Santos no Brasileiro Série A Série A 2024!
Clique aqui, faça seu cadastro na Betnacional e use o código: TUDOSOBREPAULISTA.

P