Gómez assume cobranças de pênalti na ausência de Veiga

Publicados 1 semana atrás em 16 de maio de 2024
Por: Alan Favaron

O Palmeiras derrotou o Independiente del Valle por 2 a 1, na noite de ontem, dia 15, pela 5ª rodada da Copa Libertadores de 2024. Com um gol de falta de Richard Ríos e outro de pênalti de Gustavo Gómez, o Verdão sacramentou sua classificação na competição internacional.

Sem Raphael Veiga em campo, que é o principal cobrador de pênaltis do Palestra, Gómez foi novamente encarregado de fazer a cobrança. O zagueiro também bateu contra o Liverpool do Uruguai.

Das últimas 5 penalidades máximas que o Palmeiras teve a seu favor, Veiga bateu 2 e nos outros ele não estava em campo. Então os encarregados foram Estêvão, uma vez, e Gustavo Gómez, duas vezes.

Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Após a bela cobrança contra o Cuiabá, quando o juiz apontou a marca da cal ontem, imaginava-se que Estêvão seria encarregado da cobrança. Porém, o capitão chamou para si a responsabilidade.

Após o jogo, ele explicou o motivo, deixando claro que, se estiver em campo, será o segundo cobrador da equipe.

“Tivemos uma conversa entre ‘os mais velhos’ e disseram que ‘quando o Veiga não estiver, você tem que pegar e bater’. Isso é para os atacantes não brigarem. Fica um pouco essa imagem. Quando o Veiga estiver, ele é o batedor. Quando não estiver, para não ter briga, eu pego a bola”, disse Gustavo Gómez.

A briga à qual o defensor se refere ocorreu na partida contra o Liverpool. Rony sofreu uma penalidade na etapa final e queria bater, mas Abel Ferreira queria que Flaco López fizesse a cobrança. Câmeras flagraram o camisa 10 questionando ao banco de reservas o motivo de não poder bater o pênalti que sofreu, comportamento que irritou o treinador português.

Fique por dentro das notícias! Siga nosso perfil no Instagram.

Receba notícias do TSP (Tudo Sobre Paulista) pelo WhatsApp.

Profetize os resultados do Palmeiras no Libertadores 2024!
Clique aqui, faça seu cadastro na Betnacional e use o código: TUDOSOBREPAULISTA.

P