Higor faz forte desabafo após rescindir com o Corinthians

Foto: Ronaldo Barreto/Ag. Paulistão

Publicados 2 semanas atrás em 5 de junho de 2024
Por: Bruno Rys Colesanti

O atacante Higor não é mais jogador do Corinthians. Depois de ser um dos titulares na campanha vitoriosa da Copinha deste ano, ele rescindiu seu contrato, que era válido até o final de 2024, e seu novo destino é o Água Santa.

Higor buscava a rescisão devido à falta de pagamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Segundo a defesa do jogador, o clube não realizou os depósitos nos últimos 22 meses.

Inicialmente, a juíza Lin Ye Lin, da 11ª Vara do Trabalho de São Paulo, negou o pedido de rescisão em caráter liminar. Diante disso, a defesa de Higor chegou a um acordo com o Corinthians, abrindo mão dos valores inicialmente reivindicados.

Sem mais ter idade para atuar pelo sub-20 e não sendo promovido ao time principal, Higor estava treinando separadamente dos demais jogadores. Em uma carta aberta nas redes sociais, ele desabafou sobre sua saída do clube.

“Durante quatro meses, fiz treinos de 40 minutos na academia, sem orientação profissional, e fui proibido de treinar com bola. Tenho 21 anos, não podia treinar com os juniores e estava impedido de treinar com os profissionais. Tive que usar o vestiário dos funcionários”, escreveu Higor.

“A única forma de rescindir meu contrato rapidamente foi pelo FGTS, que o clube não havia depositado. Fui chamado de mercenário por pessoas que não sabiam o que estava acontecendo. Falei três vezes com o Presidente do clube, Augusto Melo, sobre minha vontade de jogar e treinar, mas nada foi resolvido,” acrescentou o jogador em sua mensagem.

Outros campeões da Copinha deste ano, como Breno Bidon, Arthur Sousa e João Pedro Tchoca, foram promovidos após o título em janeiro. No entanto, Higor, mesmo sendo o mais velho da turma, não teve a mesma oportunidade.

O jogador foi o vice-artilheiro do Corinthians na Copa São Paulo, com quatro gols. Ele chegou ao clube em 2022, vindo do XV de Jaú, e defendeu o sub-20 em 62 partidas.

 

Veja a carta de despedida completa

 

Hoje, eu me despeço do Sport Club Corinthians Paulista, um clube que me proporcionou momentos inesquecíveis. Agradeço a todos de coração: companheiros de equipe, comissão técnica, funcionários e a incrível torcida corinthiana.

Após a Taça São Paulo, fui impedido de entrar no CT e disseram ao meu empresário para procurar outro time, pois não seria utilizado. Depois de um mês sem conseguir clube, consegui voltar a treinar na academia do CT, mas somente quando o time profissional não estivesse lá.

Durante quatro meses, fiz treinos de 40 minutos na academia, sem orientação profissional, e acabei proibido de treinar com bola. Como tenho 21 anos, não poderia treinar com os juniores e estava impedido de treinar com os profissionais. Tive que usar o vestiário dos funcionários.

A única maneira de rescindir meu contrato rapidamente foi pelo FGTS, que o clube não havia depositado. Fui chamado de mercenário por pessoas que não sabiam o que estava acontecendo. Falei três vezes com o Presidente do clube, Augusto Melo, sobre minha vontade de jogar e treinar, mas nada foi resolvido.

Decidi que preciso de novos ares para continuar meu crescimento e atingir meu máximo potencial. Sei que a decisão de sair não é fácil, mas acredito que é o melhor para mim e para o clube neste momento.

Meu objetivo é voltar um dia, mais maduro e preparado, para contribuir de forma ainda mais significativa com o Corinthians. Agradeço imensamente pelo carinho e apoio de todos durante meu tempo aqui. Isso jamais será esquecido.

Desejo sucesso ao clube e aos meus companheiros que ficam. Continuarei torcendo e acompanhando de coração. Até breve, Fiel!

Fique por dentro das notícias! Siga nosso perfil no Instagram.

Receba notícias do TSP (Tudo Sobre Paulista) pelo WhatsApp.

Profetize os resultados do Corinthians2024!
Clique aqui, faça seu cadastro na Betnacional e use o código: TUDOSOBREPAULISTA.

P