“Não podemos escolher os jogos que vamos jogar”, diz Caixinha

Publicados 4 semanas atrás em 25 de abril de 2024
Por: Alan Favaron

O Red Bull Bragantino derrotou o Sportivo Luqueño por 2 a 1 na noite de ontem, dia 24, no Nabi Abi Chedid. Porém, apesar do resultado positivo, o treinador Pedro Caixinha não gostou nada da postura da equipe.

Em entrevista coletiva pós-jogo, o técnico português afirmou que não saiu satisfeito com a atuação da equipe: “Foi um jogo que não conseguimos controlar, não tivemos a capacidade de perceber o jogo e jogá-lo da forma que ele pedia. Não saí satisfeito daqui. Porque, nesta altura do campeonato, no tempo que temos de trabalho juntos, é muito difícil ver uma equipe, como a nossa, que tem que jogar sempre junta, jogar sob 70 metros, que era atacar e defender e, com isso, ser muito difícil controlar o jogo ofensivo e defensivamente.”

O treinador reclamou muito da postura dos jogadores em relação ao jogo de ontem:

“Nós não podemos escolher os jogos em que vamos jogar com a máxima intensidade. Nós não podemos pensar que esse jogo vai ser mais fácil, esse é o maior erro que podemos cometer. Conseguimos melhorar essa mentalidade, mas ainda está um pouco presente e isso nos deixa tristes.”

Caixinha novamente tocou no assunto da identidade da equipe e como ela não está aparecendo nas últimas partidas:

“São três jogos consecutivos em que não conseguimos ser a nossa imagem, que é marcar individualmente os adversários na saída. Esse é o terceiro consecutivo em que não conseguimos fazer. E o terceiro em que não conseguimos nos adaptar em relação ao que está acontecendo no jogo.”

Ainda frisando sua insatisfação, o treinador português reafirmou que não saiu feliz mesmo com a vitória, pois o time não lidou com a partida com a importância que ela precisava:

“Mesmo ganhando por 2 a 1, eu não estou satisfeito com essa falta de desempenho, falta de sacrifício em sentido coletivo e também falta de foco e linguagem corporal para jogar um jogo que tinha para nós uma importância fundamental em relação ao que queremos conquistar nesta competição.”

Pedro Caixinha finalizou falando sobre como esses erros de atenção podem custar caro e que os jogadores precisam mudar essa postura:

“São erros que nós temos, para mim, são de foco, são de linguagem corporal, que já nos custaram caro e hoje quase custaram. É hora de acordarmos, de sermos muito mais competitivos e de deixar de escolher os jogos que queremos jogar.”

Veja a coletiva completa:

Fique por dentro das notícias! Siga nosso perfil no Instagram.

Receba notícias do TSP (Tudo Sobre Paulista) pelo WhatsApp.

Profetize os resultados do Red Bull Bragantino no Copa Sul-Americana 2024!
Clique aqui, faça seu cadastro na Betnacional e use o código: TUDOSOBREPAULISTA.

P