São Paulo se manifesta diante das acusações de John Textor

Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Publicados 2 semanas atrás em 6 de junho de 2024
Por: Beatriz Quintino

O São Paulo emitiu uma nota oficial nesta quarta-feira repudiando as acusações de John Textor, CEO do Botafogo SAF, a respeito de manipulação de resultado em jogos do Campeonato Brasileiro.

Textor contratou a empresa “Good Game” para analisar supostas fraudes no futebol brasileiro, resultando em um relatório que apontou suspeitas sobre a conduta de alguns jogadores do São Paulo em um jogo contra o Palmeiras, no Brasileirão do ano passado, que terminou com a vitória do Palmeiras por 5 a 0.

O Tricolor reafirmou que não aceitará as alegações infundadas do empresário e anunciou que tomará medidas legais contra ele.

Confira a nota oficial em repúdio às acusações:

“O São Paulo Futebol Clube mais uma vez é obrigado a vir a público para repudiar e refutar acusações infundadas contra a instituição e, principalmente, contra seus atletas.

O Clube não tolera que afirmações sem provas mais uma vez coloquem em dúvida a lisura e o profissionalismo de seus jogadores e irá seguir trabalhando para que irresponsáveis autores dessas acusações respondam em todas as esferas da Justiça e sejam banidos do futebol.

Por fim, o São Paulo FC espera que o Botafogo, um clube protagonista na história do esporte, resolva suas diferenças e cure feridas esportivas dentro de campo”.

Nesta semana, foram divulgadas as informações contidas no relatório apresentado pela Good Game. Em documento divulgado pelo “Uol”, o relatório considerou situações “anormais” do clássico paulista:

Palmeiras 1 x 0 São Paulo

Não interceptou – (15) Michel Araújo
Não pressionou – (20) Gabriel Neves
Não marcou – (35) Beraldo
Não interceptou – (38) Caio Paulista
Não interceptou – (35) Beraldo
Atitude deficiente – (4) Diego Costa

Palmeiras 2 x 0 São Paulo

Atitude deficiente – (20) Gabriel Neves
Não marcou – (13) Rafinha
Corrida baixa – (13) Rafinha
Posição deficiente – (23) Rafael

Além de uma situação “Potencialmente anormal”:

Palmeiras 4 x 0 São Paulo

Não interceptou – (4) Diego Costa
Não interceptou – (35) Beraldo
Baixo tempo de reação – (35) Beraldo

O quinto gol, de pênalti, teve a atitude do goleiro Rafael considerada como “deficiente”. Por fim, em relação à manipulação do placar considerou-se “Partida considerada anormal / São Paulo com anormalidades / Árbitro: normal”

Dessa forma, o São Paulo repudiou e refutou todas as acusações.

Fique por dentro das notícias! Siga nosso perfil no Instagram.

Receba notícias do TSP (Tudo Sobre Paulista) pelo WhatsApp.

Profetize os resultados do São Paulo no Brasileiro Série A Série A 2024!
Clique aqui, faça seu cadastro na Betnacional e use o código: TUDOSOBREPAULISTA.

P