Caso o Guarani suba, será o primeiro acesso de muitos do elenco

Foto: Thomaz Marostegan/Guarani FC

Publicados 8 meses atrás em 10 de novembro de 2023
Por: Wilton Bittencourt

O acesso à elite do futebol brasileiro representa para o Guarani não apenas um feito financeiro crucial, mas também uma oportunidade de valorização da marca e visibilidade para o grupo de jogadores. O retorno à Série A após 13 anos não só injetaria recursos significativos nos cofres do clube, mas também elevaria a instituição a um patamar mais alto no cenário nacional.

Contudo, a importância da conquista vai além do aspecto financeiro. Para muitos jogadores do elenco bugrino, a promoção representa a chance de vivenciar pela primeira vez a experiência de subir de divisão em suas carreiras. O plantel é uma mistura de atletas experientes com outros em busca de ascensão e protagonismo, sendo que 18 deles buscam o primeiro acesso.

Aqui estão os jogadores que estão em busca do primeiro acesso e aqueles que já tiveram essa experiência:

Nunca subiram: Bruno José, Bruninho, Derek, Mayk, Lucão, Walber, Lucas Araújo, Isaque, Alvariño, Caíque da Silva, Wenderson, Álvaro, Yan, Titi, Lucas Adell, Robinho, Pablo Thomaz e Lucas Silva.

Subiram uma vez: Bruno Mendes (Para a Série A com o Avaí, em 2014), Régis (Bahia, da Série B para a A, em 2014), Matheus Bueno (Coritiba, da Série B para a A, em 2019), Bernardo (Coritiba, da Série B para a A, em 2021), Iago Teles (Da C para a B com o Ituano, em 2021), João Victor (Da C para a B com o Ituano, em 2021) e Gustavo França (ABC, da Série C para a B, em 2022).

Subiram duas vezes: Pegorari (Da C para A, com o Botafogo-SP, em 2018, e com Ituano, em 2021), Douglas Borges (2011, para a Série C, com o Tupi, e, em 2021, para a Série A, com Botafogo), Diogo Mateus (Para Série A com Vitória em 2015, e Coritiba em 2018) e Alan Santos (Chapecoense, para a Série A, em 2020, e Vitória, da Série C para a B, em 2022).

Subiram três vezes: Matheus Barbosa (Da Série B para a Série C com Avaí, em 2018, Cuiabá em 2020, e Vasco da Gama em 2022).

E quanto ao treinador? Umberto Louzer não apenas conquistou um acesso, mas também foi campeão da Série B. O comandante alviverde liderou a Chapecoense para o título da divisão em 2020. Ele também teve participação na promoção do Coritiba, que subiu em 2019 para a Série A, embora tenha deixado o clube durante a campanha da Série B.

Fique por dentro das notícias! Siga nosso perfil no Instagram.

Receba notícias do TSP (Tudo Sobre Paulista) pelo WhatsApp.

Profetize os resultados do Guarani no Brasileiro Série B Série B 2024!
Clique aqui, faça seu cadastro na Betnacional e use o código: TUDOSOBREPAULISTA.

P