Eduardo Baptista e lamenta: “Estava muito próximo”

Foto: Gustavo Ribeiro/Novorizontino

Publicados 8 meses atrás em 14 de novembro de 2023
Por: Jenyffer Previtalli

Apesar de ter jogado bem e ter saído na frente no placar, o Novorizontino sofreu uma virada contra o Vitória, que já está garantido na elite nacional, e viu suas chances de subir para a primeira divisão serem reduzidas.

Mesmo com a derrota, o técnico Eduardo Baptista analisou de forma positiva a atuação da equipe e preferiu não usar o termo “castigo” para o resultado. Ele reconheceu a eficiência do adversário ao longo da partida.

“Nós usarmos o termo castigo é muito duro. Castigo é para quem fez alguma coisa ruim. Pelo contrário, esse grupo buscou. Enfrentamos o campeão da Série B, dominamos o jogo, poderíamos ter feito três ou quatro gols no primeiro tempo, levamos o gol. No segundo tempo, demoramos para nos ajustarmos, mas logo as chances começaram a aparecer, criamos e nós paramos na eficiência do Vitória. Eles se defenderam e se fecharam bem, buscaram os contra-ataques, tiveram dois chutes no gol e fizeram. Mas a equipe brigou, buscou sempre o resultado, lógico que no final empurramos um pouco mas para cima, porque pra nós só interessava a vitória”, disse o treinador.

Mesmo com chances matemáticas de subir, Baptista lamentou o resultado por entender que ele complica o caminho e, em sua visão, o acesso estava praticamente garantido anteriormente. Por outro lado, o treinador fez questão de destacar a surpreendente campanha da equipe, que brigou contra o rebaixamento até a última rodada em 2022.

“Nem o mais otimista torcedor do Novorizontino esperava uma campanha dessa, só internamente conversávamos sobre o grupo que montamos. É dar os parabéns a todos que trabalharam, se entregaram. Hoje o Novorizontino é ouvido nas emissoras grandes. Nós conseguimos colocar. Infelizmente, faltou um pouco para fazermos, mas eu tenho orgulho de poder participar desse trabalho, de estar junto com esses atletas que compraram uma Série A2, que é muito difícil, tenho só orgulho. Buscamos de todas as maneiras, nós lutamos contra um Vitória que coloca 40 mil pessoas no estádio. E nós com o trabalho, na unha, no dia a dia e muito afinco. Não é mole chegar onde chegamos, não é fácil. Ficamos triste porque estava muito próximo, na nossa mão”, lamentou o técnico.

Baptista também falou sobre suas expectativas para os dois jogos restantes da Série B do Campeonato Brasileiro.

“Os próximos planos são de continuar jogando, nós temos dois jogos, nós temos 30 vitórias no ano e é difícil conseguir isso. Queremos aumentar mais, honrar essa camisa, como os atletas honraram hoje. Às vezes simplesmente analisar o resultado, lógico que precisamos, mas o que os atletas fizeram hoje me deixa com orgulho. Infelizmente o resultado não veio, mas nada pode apagar o trabalho que foi feito aqui. Semana que vem completa 12 meses que eu assumi com o compromisso muito grande de voltar para a Série A1 e não cair na Série B. Faltou um pouco mais de tranquilidade na reta final, mas são atletas que tem que ser respeitados”, disse Eduardo.

O técnico também fez uma avaliação do trabalho realizado no Novorizontino desde o início do ano. Segundo ele, a cobrança para 2024 será maior, uma vez que o clube elevou seu patamar.

“Um grande trabalho, fizemos muitas partidas assim e nem sempre saímos vitoriosos. O Novorizontino no cenário nacional é muito diferente do começo do ano. Nós éramos dados como rebaixados, só atrás do Tombense. Nós fizemos todo mundo mudar de opinião e nos tornamos candidatos ao acesso. Mas isso também traz uma responsabilidade para o ano que vem. As cobranças serão as mesmas, então há a responsabilidade da comissão e diretoria em qualificar ainda mais o elenco, porque cobrança vai ter. Qual time tem 30 vitórias no ano? Vai puxar muito pouco. Nós subimos a régua e agora é um novo planejamento. Precisamos pensar para frente, grande, com os pés no chão e ter a coragem de dar o passo a mais. Isso nós mostramos que é possível, para que possamos fazer um 2024 ainda melhor do que fizemos o 2023”, comentou.

O Novorizontino está na sétima posição na Série B, com 57 pontos. A distância para o Juventude, que está no G-4, é de três pontos, mas pode aumentar até o final da rodada.

O próximo desafio será sexta-feira (17), quando visitará o Londrina no Estádio do Café às 21h30,  pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B.

Fique por dentro das notícias do Novorizontino! Siga nosso perfil no Instagram.
Profetize o resultado do Tigre contra o Vitória! Clique aqui, faça seu cadastro na Betnacional e use o código: TUDOSOBREPAULISTA.

Fique por dentro das notícias! Siga nosso perfil no Instagram.

Receba notícias do TSP (Tudo Sobre Paulista) pelo WhatsApp.

Profetize os resultados do Novorizontino no Brasileiro, Brasileiro Série B Série B 2024!
Clique aqui, faça seu cadastro na Betnacional e use o código: TUDOSOBREPAULISTA.

P